DIMOB 2019 - tudo o que você precisa saber

DIMOB 2019 – tudo o que você precisa saber
5 (100%) 2 votos

Veja tudo o que você precisa saber sobre a DIMOB 2019

Entenda o que é DIMOB

A DIMOB (Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias) foi criada em fevereiro de 2003, e é um dos meios usados pela Receita Federal, para fazer o cruzamento de dados de contribuintes para a fiscalização do Imposto de Renda. Esses dados são referentes às atividades de comercialização e locação de imóveis, ocorridas ao longo do ano anterior. A DIMOB 2019 precisa ser arcada pelas imobiliárias, por isso fique atento!

 

dimob 2019

 

A declaração é anual e, se enviada com erros ou fora do prazo, pode dar dor de cabeça para imobiliárias e pessoas jurídicas. Ela deve ser anexada pela Internet, por meio do programa “Receitanet” da Receita Federal.

Anualmente, fevereiro é o mês em que as imobiliárias, pessoas jurídicas e equiparadas se preparam para entregar a DIMOB à Receita Federal.  

O prazo para apresentar a declaração é até o último dia de fevereiro. Ou seja, no dia 28 de fevereiro. Os responsáveis pela organização das informações precisam conferir bem os dados. Somente assim, ficam isentos de multa.

Quem deve entregar a DIMOB?

Por se tratar de uma declaração referente às ações de comercialização e locação de imóveis, devem entregar a DIMOB apenas as imobiliárias, pessoas jurídicas e equiparadas que:

  • Comercializaram imóveis que construíram, lotearam ou incorporaram para esse fim;
  • Intermediaram compra, alienação ou aluguel de imóveis ou ainda a sublocação;
  • Envolvidas com atividades de construção, administração, locação ou alienação do próprio imóvel e de seus condôminos ou sócios.

Regras de preenchimento da DIMOB

Caso a declaração contenha um ou mais dos erros listados abaixo, o programa da Receita Federal não irá aceitar o envio e não deixará muito claro onde estão os erros. Por isso, é importante conferir se a sua DIMOB está com algum desses erros, antes de enviar:

  • Caracteres especiais ($, %, *, (, ), [, ], ª, `, º, + ) no(s) campo(s): Nome do locador, nome do locatário e Endereço;
  • Foram informados somente números no(s) Campo(s): Nome do locador, Nome do locatário e Endereço do imóvel;
  • CPF/CNPJ inválido ou errado;
  • CEP errado ou não se refere ao endereço informado;
  • Data do Contrato errada ou inválida;

Prazo para entregar a DIMOB e multas

O prazo de entrega da DIMOB é até o último dia de fevereiro. Declarações entregues depois do prazo geram multas de R$ 5.000,00 por mês-calendário. Para informações incorretas ou omitidas será cobrado multa de 5% (com valor mínimo de R$ 100,00) do valor das transações comerciais.

Assim que for enviada o sistema emitirá a notificação da multa pelo atraso e/ou informações incoerentes.

Agora que você sabe tudo sobre a DIMOB 2019, não perca tempo e ajuste a sua declaração.

 

Veja outros posts em nosso blog, clicando aqui.