Blog page
mobile-responsivo-sites
Tudo sobre site mobile responsivo x m. (URLs separados)
5 (100%) 1 voto

Na hora de contratar a atualização ou criação do site de sua empresa uma dúvida comum que surge é: “qual será a versão mobile? Responsivo? Adaptativo (m.)?”. E nesse momento, se o desenvolvedor do site não dominar todos os tipos de site mobile usuais, poderá limitar o seu projeto por falta de conhecimento técnico e modismo.

2 tipos mais comuns de site mobile: responsivo e m.

Antes de explicar sobre os dois tipos mais usuais, vale lembrar que, atualmente, o volume de pesquisas mobile ultrapassou o volume de pesquisas em desktop, desde outubro do ano passado. Se você ainda se perguntava se era necessário ter a versão mobile do site,  tenha certeza de que tê-la não será nem o diferencial, mas o essencial.

Entenda o que é o site mobile

Site mobile é definição para a versão do site que é compatível com as configurações de exibição das telas de smartphones e tablets.  Sendo assim, você confere ao seu negócio “mobilidade”, ou seja, a qualquer momento e lugar ele tem acesso ao seu site pelo celular.  E confere todo o conteúdo do site ou então uma versão mais simplificada para a ação que ele queira realizar. Entenda a diferença, agora.

Site mobile responsivo

seusite.com.br em todas as versões.

Imagine a experiência do usuário ao tentar acessar o seu site pelo smartphone e não conseguir encontrar o telefone de contato para fazer o pedido de determinado produto ou serviço? Se o seu site for responsivo ele vai executar a função de responder rapidamente à busca do seu cliente pelo conteúdo que eles acessam em computadores e notebooks, agora, acessando na tela do celular.

O site responsivo reposiciona e ajusta todos os elementos das páginas ao tamanho da tela de determinado dispositivo, mantendo todo o conteúdo do site , e dentre suas principais características estão:

  • Não duplica conteúdo, pois, usa as mesmas URLs do site versão desktop, ou seja, ele se adapta ao tamanho da tela;
  • O HTML, JavaScript e CSS são os mesmos ;
  • Não é necessário manutenção extra, pois, qualquer alteração que for feita na versão desktop será adaptada para qualquer tamanho de tela;
  • O fato de serem os mesmos HTML, CSS e JS, é mais fácil atingir um limite na otimização dos recursos, por mais que os arquivos sejam compactados ou otimizados, limpar código redundante ou inutilizado é mais eficiente;
  • Não há preocupação em detectar User-Agents (identificação de dispositivo que está acessando o site), uma vez que não muda a configuração.

Site mobile m. (URLs separadas)

m.seusite.com.br ou seusite.com.br/m/ para acessos em dispositivos móveis.

Também chamado pela nomenclatura “URLs separadas”, o site m. é uma versão de site mobile adaptativa criada especificamente para acesso no smartphone.  Inicialmente, quando começou a ser desenvolvido, o m. era usado como o “segundo site da empresa”, mas, com o comportamento cada vez mais móvel, muitas empresas estão investindo na melhor usabilidade de seus clientes no site m., principalmente empresas do mercado online.  Entre as características do site adaptativo estão:

  • Duplica conteúdo, pois, são necessárias  URls diferentes para cada configuração de site, em que no HTML as tags rel=”canonical” e rel=”alternate” devem fazer a correspondência entre a URL para computador e a URL para dispositivos móveis;
  • Arquivos em JS e CSS podem variar de dispositivo para dispositivo;
  • O HTML também varia de configuração, e é possível controlar o conteúdo a ser entregue de acordo com o tamanho da tela e a capacidade do dispositivo;
  • Será necessário detectar User-Agents com técnica aprofundada, em conjunto com redirecionamentos e mapeamento de URLs corretamente, para entregar ao dispositivo determinado site com a configuração adequada;
  • Por se tratar, tecnicamente, de um site separado, precisa de manutenção extra.

Dúvidas frequentes sobre qual versão mobile escolher responsivo x m.

Qual é melhor?

Não existe versão pior ou melhor, existe a versão que se encaixe melhor às necessidades e possibilidades da sua empresa. Pois, ambos têm vantagens e desvantagens no ponto de vista técnico e de estratégias de usabilidade. O importante é ter certeza de que o profissional que desenvolverá o site mobile tem conhecimento aprofundado e segue as regras do Google;

Qual deles o Google prefere?

Os dois formatos são lidos e incentivados pelo Google, pois, ele pensa na melhor experiência para o usuário. Por isso, para cada tipo ele sugere que siga instruções adequadas para que os mecanismos de busca encontrem corretamento o site. Em abril do ano passado, o Google anunciou que estava fazendo atualização de seus mecanismo de busca para sites “Mobile-Friendly” em smartphones, o que tornou ainda mais difícil o resultado de sites, que estão somente na versão clássica, aparecerem na tela dos celulares.

Qual deles devo ter?

Seguindo as diretrizes do Google ambos são indicados, porém, será necessário analisar com o desenvolvimento as vantagens e desvantagens:

  1. Adaptação em todos os dispositivos: o site responsivo irá se comportar adequadamente em cada uma das telas dos dispositivos móveis como na tela do computador. O site m., por sua vez, será aberto somente no smartphone;
  2. Gestão unificada: para a maioria dos desenvolvedores e para o Google somente o site responsivo utiliza o mesmo código HTML e CSS diminuindo o custo com manutenção. Porém, o m. desenvolvido pela Via Net também replica o conteúdo diretamente de uma plataforma criada especificamente para que não haja esse custo a mais, chamada Via Control. Então, ambos têm a vantagem da gestão unificada;
  3. Conversão e usabilidade: o site responsivo precisa de mais cuidado para oferecer não somente o mesmo conteúdo do site versão clássica, mas também uma usabilidade melhor. Porém, pode ter vantagens na otimização dependendo da configuração. No quesito usabilidade o m. sai na frente por ser um site pensado para oferecer rapidamente o conteúdo prático para o usuário ter a finalidade que deseja. Em teste de conversão de contato realizados pela Via Net, os sites m. para imobiliárias têm resultados superiores aos dos sites responsivos;
  4. Lentidão e tempo de carregamento: um dos critérios de raqueamento do Google é a velocidade de carregamento do site, e, em sua maioria, os sites responsivos levam vantagem por não terem que redirecionar URL. Porém, os sites m. desenvolvidos pela Via Net foram aprovados pelo Google, por ter respeito à regra: “Evitar redirecionamento da página de destino”. Ou seja,o site não exige redirecionamento, o que torna a visualização mais otimizada nos dispositivos móveis ao reduzir tempo de carregamento. Outro detalhe importante para considerar é que se as imagens no site responsivo não estiverem no padrão e a programação não estiver otimizada, os sites responsivos poderão ter carregamento mais lento;
  5. Tempo de desenvolvimento: em geral, o tempo do responsivo é menor do que o do m. no mercado. Porém, como a Via Net criou uma plataforma específica, a programação já está pronta para o desenvolvimento, que chega a ser mais rápido do que de um site responsivo, uma vez que este deve ser testado em diferentes tamanhos de tela;
  6. Custo: o site responsivo pode ter custo mais alto inicialmente, porém, não gera muitos custos com manutenção. Já o m. mais em conta, porém, gera custos de manutenções esporádicas;
  7. Facilidade de mudança: assim como o responsivo tem a facilidade de atualizar layout e conteúdo para todas as telas, de uma só vez, o sistema do m. é simples, por ter programação própria, o que facilita atualização de layout e conteúdo;
  8. Tablet não é smartphone: por esse motivo o m. não estará disponível para esse dispositivo que acessará o site na versão clássica, o que pode prejudicar a exibição de um ou outro elemento;
  9. Múltiplas URLs: Como o site m. tem duas versões (desktop e mobile) existem duas URLs para cada página, o que pode ocasionar um problema de redirecionamento ou ainda de carregamento mais lento;
  10. Responsivo ou mobile m.?: o primeiro é bom quando se pensa em longo prazo e prioriza todos os dispositivos móveis; já o segundo é ideal para quem não quer investir tanto mas visa obter os benefícios de um site adaptado para smartphone.